TEXTO:
Oposição lidera disputa pelo governo da Bahia
28/05/2014
Em um dos cenários, Paulo Souto aparece à frente, com 42% das intenções de voto
agência brasil
​O IBOPE Inteligência testou quatro possíveis cenários eleitorais para governador.

Entre os dias 15 e 19 de maio, o IBOPE Inteligência em parceria com Jornal Correio realizou uma pesquisa de intenção de voto entre os eleitores baianos sobre as eleições de 2014.

Nesta pesquisa, o IBOPE Inteligência testou quatro possíveis cenários eleitorais para governador.

No primeiro cenário, Paulo Souto (DEM) aparece à frente na disputa com 42% das intenções de voto. Em seguida aparece a atual senadora Lídice da Mata (PSB) com 11% das citações, o ex-secretário da Casa Civil baiana, Rui Costa (PT) com 9% das intenções de voto, Da Luz (PRTB) aparece com 2% e Marcos Mendes (PSOL) com 1% das citações. Brancos e nulos somam 19% e os indecisos somam 16% do eleitorado.

Pergunta: Se a eleição para governador fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria para governador da Bahia? (%)

 

 

No segundo cenário, foram testados dois nomes, somente o nome do ex-governador Paulo Souto (DEM) e o da atual Senadora Lídice da Mata (PSB). Neste cenário, o democrata fica à frente na disputa com 46% das intenções de voto, enquanto Lídice da Mata aparece com 18% das citações. Brancos e nulos somam 21% e os indecisos também somam 15% do eleitorado.

Pergunta: Se a eleição para governador fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria para governador da Bahia? (%)


No terceiro cenário testado, somente com o nome do petista Rui Costa e da socialista Lídice, a atual senadora aparece com 30% das intenções de voto e o ex-secretário Rui Costa tem 16% das citações. Brancos e nulos representam 33% enquanto os indecisos são 22%.
 

Já no quarto cenário para governador, foram testados os outros dois nomes, do ex-governador Paulo Souto contra o ex-secretário Rui Costa. Aqui o democrata fica à frente na disputa com 48% das intenções de voto, enquanto petista aparece com 15% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 22% e os indecisos também somam 15% do eleitorado.

Pergunta: Se a eleição para governador fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria para governador da Bahia? (%)

Também foi testado um cenário para governador com os nomes de três pré-candidatos (Paulo Souto, Rui Costa e Lídice da Mata) com seus respectivos apoios. Neste cenário, o democrata fica à frente na disputa com 41% das intenções de voto, enquanto Rui Costa aparece com 18% das intenções de voto e Lídice da Mata com 9% das citações. Brancos e nulos somam 22% e os indecisos também somam 15% do eleitorado.
 

Intenção de voto espontânea para governador. Na pergunta espontânea, isto é, sem a apresentação do disco contendo o nome dos candidatos, o democrata Paulo Souto é o mais citado com 13% das menções e o atual governador Jaques Wagner (PT) aparece em segundo lugar, com 6% das citações. Outros candidatos mencionados são Rui Costa (3%), Geddel (3%) e Lídice (1%). Outros candidatos com menos de 1%, somados, são citados por 3% dos eleitores. Os que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto representam 22%, enquanto quase metade dos eleitores (49%) não citam, neste momento, nenhum nome espontaneamente.

Rejeição de voto para governador. O IBOPE Inteligência também perguntou aos eleitores baianos em quem eles não votariam de jeito nenhum para governador do estado. Da Luz foi o mais citado, com 28% das citações, seguido por Paulo Souto, Rui Costa e Marcos Mendes, que não seriam votados por 14% dos baianos, enquanto Lídice da Mata é preterida por 11% dos entrevistados. Os eleitores que afirmam poder votar em qualquer um dos candidatos somam 4%, ao passo que 33% não sabem ou preferem não responder essa pergunta. Vale lembrar que, nesta pergunta, o entrevistado poderia citar mais de um candidato.
 
Expectativa de vitória. Independente da sua intenção de voto, 47% dos eleitores acreditam que Paulo Souto será o próximo governador, enquanto que 8% acreditam que será Rui Costa ou Lídice da Mata quem ocupará o Palácio de Ondina na capital baiana. Marcos Mendes e Da Luz são citados por 1% dos entrevistados. Os eleitores que, neste momento, não sabem ou preferem não responder essa pergunta somam 35%.

Intenção de voto para o Senado. O IBOPE Inteligência também perguntou aos eleitores em quem eles votariam para senador pela Bahia caso as eleições fossem hoje. Aqui foi testado apenas um cenário. Nele, o nome mais citado é o de Geddel Vieira Lima que obtém 34% das intenções de votos. Otto Alencar (com 14%), Eliana Calmon do PSB (com 5%) e Hamilton Assis (com 2%) seguem em segundo, terceiro e quarto lugares, respectivamente. Os eleitores que declaram a intenção de votar em branco ou anular o seu voto somam 19%, e o percentual de eleitores que se declaram indecisos em relação ao seu voto para Senador é de 26%.

Pergunta: Se a eleição para senador pela Bahia fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria? (%)


Intenção de voto espontânea para o Senado. Na pergunta espontânea, isto é, sem a apresentação do disco com o nome dos candidatos, Geddel Vieira Lima (PMDB) é o mais citado com 7% das intenções de voto. Em seguida aparecem Paulo Souto (4%), Otto Alencar (3%), Jaques Wagner (2%) e Rui Costa (1%) das citações espontâneas. Outros candidatos, com citações menores que 1%, somados, obtêm 3% das preferências. Um em cada quatro eleitores (25%) declara a intenção de votar em branco ou anular o seu voto para senador, ao passo que mais da metade do eleitorado (55%) ainda se declara indeciso em relação ao seu voto.

Rejeição de voto para senador. O IBOPE Inteligência também perguntou aos eleitores da Bahia em quem eles não votariam de maneira alguma para representar o estado no Senado Federal. Eliana Calmon (PSB) e Otto Alencar (PSD) são os mais rejeitados, com 18% das menções. O possível candidato do PSOL, Hamilton Assis, é preterido por 17% dos baianos, enquanto Geddel (PMDB) não seria votado por 14% dos eleitores. Os eleitores que declaram poder votar em qualquer um dos candidatos somam 5%, enquanto que 41% não sabem ou preferem não opinar a respeito. Vale lembrar que, nesta pergunta, o entrevistado poderia citar mais de um candidato.

Intenção de voto para presidente. Entre os eleitores baianos, a presidente Dilma Rousseff (PT) lidera as intenções de voto com 50% das menções. Em um patamar inferior, aparecem o senador Aécio Neves (PSDB) com 12%, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) com 7% e Pastor Everaldo (PSC) com 2% das intenções de votos. Brancos e nulos somam 14%, enquanto 13% ainda se declaram indecisos em relação ao seu voto para presidente.

Pergunta: Se os candidatos a presidente da República fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria para presidente da República? (%)

Intenção de voto espontânea para presidente. Na pergunta espontânea, a presidente Dilma Rousseff alcança 29% das citações, enquanto o ex-presidente Lula e Aécio Neves são citados por 6% dos eleitores. Eduardo Campos é lembrado por 3% e Mariana Silva é citada por 2% dos entrevistados. Outros candidatos com menos de 1% de citações, somados, atingem 2%. Brancos e nulos somam 16% e os indeciso 36%.
 
Avaliação da administração estadual. A atual gestão do govenador Jaques Wagner é avaliada de maneira regular por 37% dos entrevistados, como positiva (ótima ou boa) por 28%, e de maneira negativa (ruim ou péssima) por 29% dos eleitores baianos. Sua administração está dividida: é aprovada por 44% dos baianos, ao passo que 43% a desaprovam.

O IBOPE Inteligência também perguntou aos baianos em quais áreas a população do estado vem enfrentando os maiores problemas. As mais citadas foram: saúde (75%), segurança pública (58%), educação (53%) geração de empregos (17%) e drogas (14%). Vale lembrar que os entrevistados, aqui, poderiam citar mais de uma área como problemática, por isso da somatória das citações ultrapassar 100% das respostas.

Avaliação da administração federal. A administração da presidente Dilma Rousseff é avaliada de maneira positiva (ótima ou boa) por 44% dos entrevistados. Os que avaliam seu governo como regular são 33%, e os que avaliam de maneira negativa (ruim ou péssima) somam 19%. Os eleitores que afirmam aprovar a sua gestão somam 60%, ao passo que 31% a reprovam.

RELATÓRIO

FICHA TÉCNICA DA PESQUISA (JOB Nº 0795 | 2014)
Período de campo: a pesquisa foi realizada nos dias 15 a 19 de maio de 2014.
Tamanho da amostra: foram entrevistados 1008 eleitores.
Margem de erro: é de 3 (três) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.
Nível de confiança: o nível de confiança utilizado é de 95%.
Solicitantes: pesquisa contratada pelo.
Registro Eleitoral: Registrada no TRE sob o protocolo Nº BA-00004/2014 e no TSE sob o protocolo BR-00130/2014.




 

 

Comentários
Ainda não foram adicionados comentários para esta página. Seja o primeiro a comentar.
TAGS
Bahia; Política e eleições
 

 Notícias Relacionadas

 
 
Maioria considera que mudança de rumo no governo Dilma em relação a Lula levou país à crise
03/nov/2015
Para maioria, mudança de rumo no governo Dilma em relação a Lula levou país à crise
Aécio e Serra venceriam Lula se eleição fosse hoje
27/ago/2015
Alckmin empataria tecnicamente com ex-presidente em um confronto direto
 

 Soluções Relacionadas

 
Direciona e adequa estratégias de comunicação e o rumo da campanha.
Mensure o potencial de uma candidatura.
Resultados eleitorais diários e médias móveis, entregues em 24 horas.
Mensura a percepção que as pessoas têm de um candidato.
 
PUBLICIDADE
Saiba mais sobre a marca Kantar IBOPE Media
Conheça o portfólio da Kantar IBOPE Media
Acompanhe nossos perfis e saiba todas as novidades da Kantar IBOPE Media