TEXTO:
Dilma Rousseff lidera pesquisa de intenção de voto para eleição presidencial de 2014
24/10/2013
Presidente é citada espontaneamente por 21% dos eleitores
José Cruz/ABr
​A administração da presidente Dilma Rousseff é considerada ótima ou boa por 38% dos brasileiros.
​Nova pesquisa do IBOPE Inteligência sobre as intenções de voto para presidente da República em 2014 aponta a atual presidente Dilma Rousseff (PT) como a que detém o maior percentual de citação espontânea dos eleitores, com 21%.

Na sequência, os eleitores também citam o ex-presidente Lula (PT), com 7%, Marina Silva (PSB), com 6%, Aécio Neves (PSDB), com 5%, José Serra (PSDB), com 4%, e Eduardo Campos (PSB), com 2% das intenções de voto. Os demais possíveis candidatos não somam 1% das menções. Os que ainda não sabem dizer espontaneamente em quem votar totalizam 40% e outros 13% afirmam que votariam em branco ou nulo.

Cenário 1
 O IBOPE Inteligência testou alguns cenários de intenção de voto para presidente. Em um deles, Dilma tem 39% das menções, seguida de Marina Silva, com 21%, e Aécio Neves aparece com 13%. Votos brancos e nulos totalizam 16% e os que não sabem em quem votar ou preferem não responder, 11%.

Cenário 2
Em outro cenário, com Eduardo Campos pelo PSB, Dilma também é a candidata com maior intenção de voto, com 41% das menções, seguida de Aécio Neves com 14% e Eduardo Campos com 10%. Votos brancos e nulos totalizam 22% e os que não sabem em quem votar ou preferem não responder, 13%.

Os simpatizantes de Marina Silva, quando apresentados à lista em que constam apenas Dilma Rousseff, Eduardo Campos e Aécio Neves, optam principalmente pela candidatura do atual governador de Pernambuco (28%) ou por votar em branco ou anular o voto (ambos com 28%). Dilma fica com 18% dos eleitores de Marina, enquanto 12% optam por Aécio Neves e 14% ainda se declaram indecisos.

Cenário 3
No terceiro cenário testado, com José Serra e Marina Silva, Dilma tem 39% das intenções de voto, Marina Silva, 21%, e José Serra, 16%. Votos brancos e nulos somam 15% e os indecisos, 10%.

Cenário 4
Quando considerados José Serra pelo PSDB e Eduardo Campos pelo PSB, Dilma também é a candidata mais citada, com 40% das menções. O tucano aparece com 18%, e Eduardo Campos, com 10%. Votos brancos e nulos representam 19% e os que não sabem em quem votar ou preferem não responder, 12%.

Nesse cenário, a maior parte dos simpatizantes de Marina Silva escolhem o tucano (27%), enquanto 23% declaram intenção de votar em branco ou nulo. O atual governador de Pernambuco recebe 22% dos votos de Marina, enquanto Dilma Rousseff fica com 17%. Nesse cenário, 11% dos eleitores de Marina Silva declaram-se indecisos.

Segundo turno
Também foram testados cenários possíveis em um eventual segundo turno. Em uma disputa entre Dilma e Aécio Neves, a atual presidente tem 47% das intenções de voto, contra 19% do senador mineiro. Votos brancos e nulos somam 22% e os indecisos, 11%.

Se a disputa for com Marina Silva, Dilma também leva vantagem, com 42% das menções, ante 29% da ex-senadora. Votos brancos e nulos totalizam 18% e os que não sabem em quem votar ou preferem não responder, 11%.
Em um segundo turno com Eduardo Campos, a presidente permanece na liderança, com 45% das intenções de voto, enquanto o governador pernambucano é citado por 18% dos eleitores. Votos brancos e nulos somam 24% e os indecisos, 14%.

No último cenário testado, entre Dilma e José Serra, Dilma alcança 44% das menções, contra 23% de Serra. Votos brancos e nulos totalizam 20% e os que não sabem em quem votar ou preferem não responder, 13%.

Governo Dilma
A administração da presidente Dilma Rousseff é considerada ótima ou boa por 38% dos brasileiros (em setembro eram 37%). Segundo a pesquisa, outros 35% a avaliam como regular e 26% a consideram ruim ou péssima. Apenas 2% não sabem ou preferem não responder. Na última pesquisa, 39% citavam a administração como regular e 22%, como ruim ou péssima. 

A maneira como Dilma vem administrando o país é aprovada por 53% da população brasileira e desaprovada por 42%, enquanto 5% não sabem ou preferem não responder. Em setembro, 54% aprovavam e 40% desaprovavam. Os brasileiros que confiam na presidente somam 49% e os que não confiam, 46%.

Outros 5% não sabem ou preferem não responder. No mês anterior, 52% confiavam e 43% não confiavam.

Comentários
Gileno Correia dos Santos
21/jul/2014
Você não sabe o que diz, portanto é perdoado. Lembre-se, povo brasileiro, que a situação do povo brasileiro não é culpa de apenas um partido político, mas de todos os partidos políticos que apenas tem por objetivo ganhar o dinheiro dos impostos que o povo brasileiro paga durante o ano todo, e o resto é conversa de ser humano, onde reina a injustiça, a mentira, a idolatria, a corrupção, a autodestruição da raça humana; portanto voto em Dilma porque não é político.
jose silvio martins
14/dez/2013
ela trabalhando bem mas falta mais envestimento em ferrovias
Gileno Correia dos Santos
13/dez/2013
Em tempo de eleição todo político é generoso e diz ter a solução, até em hospital vai visitar o povão, não me deixo enganar; portanto voto em Dilma.
Comunicação IBOPE Inteligência
25/nov/2013
Josué, esclarecemos que após a definição oficial das candidaturas, todos os candidatos são incluídos nas pesquisas eleitorais realizadas pelo IBOPE Inteligência.
Josué Alves Macedo
25/out/2013
Agora que o Ibope e toda a sociedade sabe que o PSOL tem duas pré candidaturas RANDOLFE RODRIGUES e LUCIANA GENRO à Presidência da República, espero vê-los nas próximas pesquisas eleitorais. De repente o povo fica sabendo, quando perguntado e daqui umas 2 ou 3 pesquisas eles aparecem com um digito. O que não pode são os institutos de pesquisa passarem a opinião pública que só existem 4 candidatos. Que na verdade também, nunca assumiram que o são.
TAGS
Política e eleições
 

 Notícias Relacionadas

 
 
Paulo Souto lidera a disputa pelo governo da Bahia com vantagem aberta sobre os demais candidatos
24/jul/2014
Em outro patamar, mais afastados do primeiro colocado, aparecem Lídice da Mata e Rui
Presidente Dilma está à frente na corrida presidencial, mas há indefinição sobre ocorrência ou não de segundo turno
22/jul/2014
Entretano, há indefinição sobre ocorrência ou não de segundo turno
 

 Soluções Relacionadas

 
Direciona e adequa estratégias de comunicação e o rumo da campanha.
Monitora a evolução da imagem da administração municipal.
Mensure o potencial de uma candidatura.
Resultados eleitorais diários e médias móveis, entregues em 24 horas.
 
PUBLICIDADE
Compra Online
Customize seu próprio relatório definindo parâmetros como categorias de produtos, praças, meios e períodos de seu interesse.
Acesse aqui o formulário de solicitação dos serviços do IBOPE. Para agilizar o atendimento, preencha-o com o máximo de detalhes.